“Descalça as sandálias que esta terra é SAGRADA” (Ex. 3, 5)

 

Caros amigos, eis-nos em mais um ano de caminho na nossa instituição. Mais uma vez se renova o tema do ano e a figura inspiradora. Neste ano queremos ter como imagem inspiradora a figura de Moisés, o grande libertador do Povo de Deus. Depois de 400 anos em terra estrangeira e de escravidão, Deus pegou em Moisés e libertou o seu Povo.No chamamento de Moisés encontramos esta frase marcante: “Descalça as sandálias que esta terra é sagrada.” Descalçarmo-nos é sinal de despojamento, é sinal de que estamos todos para acolhermos o outro. Diante do sagrado só podemos estar de coração aberto e prontos para acolher a graça que é sermos amados por Deus. É este o sentido destas palavras de Deus a Moisés.
 
Para todos nós, colaboradores, voluntários, utentes e familiares, o importante é reconhecermos o que é sagrado. Só assim poderemos acolher o que de mais sagrado Deus tem para nos oferecer. Diante de cada um podemos afirmar que o mais sagrado que Deus tem para nos oferecer é a Pessoa Humana, pois fomos criados à Imagem e Semelhança de Deus (Gen. 1, 26). O mais sagrado que temos no nosso Centro Comunitário são as pessoas, somos todos nós. E é diante de cada um de nós que somos chamados a descalçar as sandálias, a despojarmo-nos do que nos impede de irmos ao encontro do outro.
 
O que esperamos para este ano de caminho é que todos saibamos reconhecer esta terra sagrada que é cada um de nós e assim nos acolhermos uns aos outros. Temos assim um grande caminho a percorrer. Que este seja o nosso propósito pois só assim seremos capazes de descalçar as sandálias para nos recebermos uns aos outros como sagrados. Um bom ano para todos nós.
 
 
 

 Pe. Jorge Sobreiro